Você toparia dupla jornada?

O programa "Jornada", da TV Justiça, apresentou as trajetórias de 3 cidadãos, empregados, que optaram por uma segunda jornada, sem se desvincular do emprego.

Às vezes, para alguns atingirem suas metas, seus objetivos, só a renda obtida com carteira assinada vem a ser pouco. Assim se desafiam a explorar outra ativade em horário que não conflite com seu emprego.
De acordo com dados do SEBRAE 7,4 milhões de pessoas, no Brasil, tem o próprio negócio.

Um bancário, que além de trabalhar no horário habitual, criou um estúdio de tatuagem. Já consegue maior rendimento como tatuador, do que como bancário. Diz ele que a tatuagem começou como hobby, mas a montagem do estúdio veio da necessidade de complementação de renda, para satisfazer suas expectativas, seu sonho, suas metas.

De forma um pouco diferente ousou um restaurador e afinador de pianos. Atualmente, ele conta com mais de 400 clientes, entre professores, músicos e artistas em geral. Esse profissional acreditou tanto em seu potencial, que trocou o único carro da família por um piano para poder iniciar a carreira.

Uma servidora pública, que atua só em meio expediente, na repartição, onde bate o ponto, comanda uma loja de roupas no resto do dia

Quem ficou interessado nesse, e em outros vídeos que o Programa "Jornada" apresenta, pode assistir o canal oficial do TST no Youtube.

Do Sebrae, Ênio Pinto, especialista em empreendedorismo, observa que os pequenos negócios são predominantes na economia brasileira. “Cerca de 70% dos CNPJs abertos no Brasil são de microempreendedores individuais”, diz. A reportagem mostra os primeiros passos que devem ser dados por quem quer abrir uma microempresa. O especialista do Sebrae lista também os requisitos principais que um bom empreendedor deve ter. 

Veja ainda os direitos e benefícios a que os micro e pequenos empreendedores têm acesso.
O que é melhor? A segurança de um emprego com carteira assinada ou a ousadia de apostar no próprio negócio?

"Quando a água chega ao pescoço, você aprende nadar!"

 

Deixar uma resposta