Tens parceria oportunista?

Um oportunista é alguém que sabe aproveitar oportunidades.
Por outro lado é tido por oportunista quem adota uma política consciente e prática de aproveitar as circunstâncias, pouco se lixando com as consequências para os outros.
O oportunista ignora princípios e normas para fazer as circunstâncias trabalharem em seu próprio benefício.

Quem é alçado para um cargo de confiança, poderá se deparar com situações em que fica fácil tirar proveito, sem ser descoberto, de imediato.Vimos esse filme através do que a imprensa publicou nos últimos anos acerca de governantes, legisladores, ministros, diretores, enfim, pessoas que foram eleitas, chamadas, nomeadas para atuarem em determinado organismo e, lá foram ‘vitimas’ do “canto da sereia” e se beneficiaram indevidamente, criminosamente, contra o que esperava uma população inteira ou, pelo menos, a maioria. O resultado disso temos visto na Operação Lava Jato.

No Congresso Empresarial Paranaense, realizado pela Faciap, dias 09 e 10 de novembro, em Foz do Iguaçu, dentre outros palestrantes de alto quilate, esteve a jornalista Mônica Salgado, nos trazendo algo sobre os Influenciadores Digitais. Observou que hoje há muita mudança com alta velocidade; todos somos “marca; todos temos capacidade de influenciar pessoas, bastando para isso termos acesso à rede social.

No tocante à moda destacou o Blog Street Style, pelo qual se adotam estilos vindos das ruas, o jeito de se vestir, o jeito de se comunicar, o jeito até de tratar os outros. Quando, de pessoa para pessoa, vendemos um ‘lifestyle’ é porque influenciamos a outra pessoa. Sempre temos que ter em mente: “O que é que temos de diferente?” O que é que em nosso produto, em nosso serviço, tem uma dose de ‘quero mais’? Isso podemos conseguir se nos comunicarmos com autenticidade e com serenidade.

Não devemos ter medo de dizer a verdade ao nosso cliente. Se em determinada ocasião for detectada que a parceria foi oportunista, não haverá perdão por parte de quem se sentiu lesado.

A BORKENHAGEN se apresenta, se comunica, por diversos canais, como por exemplo a Coluna Mensageiro com periodicidade semanal; o BORKINFO®, com periodicidade mensal ou bimestral; o BORKAlerta, sem data e sem número de aparições, ao longo do mês; o Facebook, com formatação ainda a ser mais profissionalizada; o Whatsapp, para comunicações pontuais, breves e, para alcançar o cliente, inclusive, fora de seu estabelecimento; e o sítio na Internet, cujo domínio é desde 1997.
Ao acessar www.borkenhagen.net o/a internauta percebe nossa autenticidade, nossa sinceridade.

Há clientes que vivem o imediatismo: tudo é pra já, sem se preocuparem com o tempo dispendido para as tarefas.
Há os que ainda relutam ‘embarcar’ na informação digital.
Outros com um mínimo de controle sobre suas operações e os registros que essas demandam.
E aqueles com padrão excelente de administração.
A era do papel vai se indo rapidamente.
Para atendermos com velocidade, se faz necessário que o cliente se favoreça a si próprio, remetendo documentos e informações pelo canal disponibilizado, a exemplo do Domínio Atendimento.

Tudo o que fazemos, leva em conta a satisfação do cliente. Se falharmos na comunicação e o cliente valorizar o pertencimento, ele se manifestará, e assim a comunicação voltará a surpreendê-lo.

Edvino Borkenhagen

Coluna Mensageiro – Registro 0123526, 18/08/2003 – Títulos e Documentos
Publicada em 16/11/2018 no jornal Gazeta Diário – Ano XXI – Mensagem 1.060

BORKENHAGEN 35 ANOS  BUSCANDO INFLUENCIAR CLIENTES E NÃO-CLIENTES!

 

Deixar uma resposta