INÍCIO     |     NOSSA EMPRESA     |     ORIENTAÇÕES    |     MENSAGEIRO     |      ARTIGOS      |     ENTRETENIMENTO    |      BORKINFO     |     FAMÍLIA BORKENHAGEN

Início | Entretenimento | Eventos | Arquivos | Contadores orientam contribuintes sobre Imposto de Renda

Contadores orientam contribuintes sobre Imposto de Renda

Edição: 6534 - 17 de Abril de 2010

 

Geral

Contadores orientam contribuintes sobre a declaração de

Imposto de Renda

Pelo  quinto  ano  consecutivo,  profissionais  foram  até  a  Avenida  Brasil  para  realizar  a  campanha

Declare Certo

Associados ao Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná (Sescap-PR) e do Sindicato dos Contabilistas foram às ruas ontem para elucidar dúvidas dos contribuintes sobre a declaração de Imposto de Renda. O mutirão, realizado pelo quinto ano consecutivo, integra a campanha "Declare Certo", consiste em trabalho voluntário e de utilidade pública que leva os contabilistas aos principais pontos de circulação de pessoas. No caso de Foz, foi montado um "escritório" no calçadão da Rua Rio Branco, onde os contadores permaneceram até às 17 horas.

Faltando menos de 15 dias para o término do prazo para a entrega, a Receita Federal recebeu, até a sexta-feira, 9,4 milhões de declarações em todo o Brasil, número muito aquém do montante esperado, de 24 milhões. Em média, o órgão registra o recebimento de 400 declarações por minuto. Em Foz do Iguaçu, até a 1 hora de sexta-feira, 14.926 contribuintes já havia prestado suas declarações. Número muito abaixo das 45 mil esperadas.

"Estamos a duas semanas (para o fim do prazo) e geralmente já fazemos a campanha perto do final para alertar", explicou a presidente do Sescap em Foz, Leonor Venson de Souza. Como lembrou, os trabalhos voluntários de orientações e esclarecimentos da campanha "é um serviço de utilidade pública" que também busca a valorização profissional. "Visa ainda diminuir os erros nas declarações e se colocar à disposição do contribuinte", complementou.

 

Riscos

O trabalho voluntariado também evita os possíveis erros do contribuinte e dores de cabeça futuras. Segundo Leonor, não é tão complexo fazer a declaração, mas para isso deve-se ter um bom entendimento do que deve ser declarado. "No site da Receita Federal há orientações, de como preencher e o que deve se declarar. Mas às vezes é melhor buscar a ajuda de um profissional para evitar declarar com erro, e acabar caindo na malha fina e tendo transtornos. Neste sentido, nos colocamos à disposição com um serviço especializado", ponderou.

Presidente do Sincofoz, entidade representante dos profissionais e também parceira na campanha, Nita Busanello, disse que dentre os erros mais comuns na hora de declarar o Imposto de Renda está o uso indevido dos dependentes. "Às vezes, o pai e a mãe declaram o mesmo dependente", explicou. Outro quesito que deve requerer cuidado é a avaliação patrimonial. "Estes são alguns dos erros que muitas vezes o contribuinte comete ao não procurar por um profissional".

Neste ano, devem declarar o IR os contribuintes que receberam em 2009 rendimentos tributáveis na declaração, cuja soma foi superior a R$ 17.215,08, e aqueles quem têm um patrimônio superior a R$ 300 mil. "Mas já que a pessoa declara, tem de declarar tudo o que tem, como contas bancárias, carros, casas... Muitas vezes eles dizem, ‘vou declarar só minha renda’. Não. Por isso, quando tem dúvida, tem de procurar por um profissional", alertou Nita.

Outro cuidado a ser tomado é em relação a montantes de reserva, como a poupança. Caso a pessoa não seja obrigada a declarar em razão da renda, tenha a poupança e adquira um bem no futuro, há riscos de cair na malha fina. "Mas ela pode se explicar e a RF vai perceber que (o bem) foi adquirindo aos poucos. Então, ela não estava escondendo, pois estava no banco. Este é o tipo de coisa: se a pessoa declara e não informou esta poupança, terá de fazer uma retificação do ano anterior. Mas se não declara e provar que obteve aos poucos, basta ir à RF se explicar", ensinou.

Avenida Salvador Guerra, 80 - Jardim América - Foz do Iguaçu, PR | Fone/Fax: 45 3028 6464

Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda.

Copyright © Desde 1997 - Direitos reservados