E a marca de 22 anos é alcançada!

Coluna Mensageiro
– Quando lá em 28/05/1998 surgiu uma coluna semanal no Jornal A Gazeta Do Iguaçu, inicialmente na página 7, depois na página 11, e mais adiante na página 13, porque o jornal ia crescendo, havia sido definido um formato. Inicialmente trazia mensagens cristãs, pois para tal havia sido pleiteado o espaço, como a Coluna Luterana.

A partir de 11/04/2003 o espaço passou a adotar o nome de Coluna Mensageiro, comparecendo todas as sextas-feiras no jornal impresso. A logo inclusive foi desenhada pelos ‘artistas’ daquele jornal e assim foi preservada, para deixar atraente o jornal.
Então, foi definido que a Coluna traria chamadas à fé, chamadas à valorização do ser humano, chamadas à orientação do cidadão, chamadas à orientação profissional, chamadas à orientação do empreendedor, chamadas de alerta a autoridades, e assim por diante, sempre com respeito ao leitor, à leitora, visando dignificar o espaço ocupado no jornal, e valorizar o jornal.

Em 2017 passamos a publicar a coluna no Jornal Gazeta Diário (GDia) que segue até os dias atuais.

Inúmeras foram as vezes em que leitores nos fizeram chegar um comentário de agradecimento por uma mensagem de crescimento espiritual publicada, por uma orientação fiscal publicada, por uma orientação contábil publicada, por um artigo de valorização a iniciativas públicas publicado, por esclarecimentos sobre decisões de tribunais publicados, por um chamamento a uma ação de solidariedade publicada, e não vamos poder elencar todas.

Muitos acontecimentos geram ciclos em nossa vida, a exemplo dessa pandemia do coronavírus.
Nós abordamos com muito respeito os assuntos ligados à COVID-19.
Nós comungamos da visão de profissionais da medicina sobre exageros cometidos, sobre aparentes decisões de proteção ao cidadão, quando na verdade, em muitos lugares, talvez não aqui em Foz, ou em sua cidade, ocorreu um aproveitamento da situação para forjar o ingresso de recursos para atender a emergência e quando se vê na mídia, ocorreram desvios ou superfaturamentos.

Em nenhuma publicação nos permitimos, pelo texto, ofender pessoas públicas, ou ofender qualquer cidadão, qualquer leitor, qualquer leitora, mas buscamos enaltecer qualidades, quando a ocasião o recomendava, para que pessoas que não tiveram, pelo poder público, pelas autoridades que tem tal prerrogativa, o reconhecimento pelas suas ações em prol da comunidade, nesse espaço nós publicamos por conta e risco.

Somos gratos a todos que nos vem acompanhando, e que tem-se manifestado no sentido de valorizar as publicações.

Muita gente, muito empreendedor, parou, por força de decreto, para ajudar a defender a comunidade, da proliferação do coronavírus.
A atividade contábil, incluída no rol das atividades essenciais, dentro do rigor da lei, vem prestando o serviço necessário para que empregadores e empregados possam dar passos seguros.

Sejamos perseverantes:
– refaçamos o planejamento se a situação o exigir;
– não percamos valores próprios;
– encaremos as adversidades;
– sejamos resilientes; e
– busquemos novas formas de alcançar o resultado na nova normalidade que virá!

Nos despedimos dos leitores que nos acompanharam, no Jornal Gazeta Diário – GDia, e
os convidamos a continuar lendo a Coluna Mensageiro,
doravante só em meio digital aqui neste sítio, como também
no Facebook e
no Instagram.
Sejam muito bem vindos!

Edvino Borkenhagen

Coluna Mensageiro – Registro 0123526, 18/08/2003 – Títulos e Documentos
Publicada em 29/05/2020 no jornal GDia – Ano XXII – Mensagem 1.140

BORKENHAGEN 37 ANOS  ACREDITANDO EM ATUAR COM DIGNIDADE!

 

Deixar uma resposta