INÍCIO     |     NOSSA EMPRESA     |     ORIENTAÇÕES    |     MENSAGEIRO     |      ARTIGOS      |     ENTRETENIMENTO    |      BORKINFO     |     FAMÍLIA BORKENHAGEN

Início | Entretenimento | Para Descontrair | Arquivos | Gaúcho caçador é ligeiro

Gaúcho caçador é ligeiro

Queres conhecer um gaúcho "BAGUAL DE BUENO"?

Espia só:

Lá em Tupanciretã, miolo do Rio Grande , perto da RS 392 que se liga na RS 158, um trecho da rodovia que liga Santa Maria a Cruz Alta (Já localizou no Google?) uma região que antes era povoada pelos índios charruas e minuanos, gerou-se esta crônica (heim?):

 

Caíram de avião, na mata que ainda resta no Rio Grande do Sul, um gaúcho um carioca e um paulista.

Já tava anoitecendo, a fome bateu, nada pra comer.

O paulista diz pro gaúcho:

- Ô gaúcho, você que é todo metido a macho, vai lá fora e caça algo pra nós comer.

O gaúcho sem deixar por menos, mas apavorado, foi, abriu a porta do avião deu dois passos, ...

já tava escuro, enxergou uma onça pintada, se apavorou, virou de costas para dar no pé e escorregou.

A onça, que já tinha dado o bote, passou por cima do gaudério e foi parar lá dentro do avião.

O gaúcho mais que ligeiro, levantou, fechou a porta do avião e gritou:

VÃO CARNEANDO ESSA QUE DEPOIS TRAGO OUTRA...

FIM!

 

O carioca nem apareceu na história? Preocupa não!

A onça, satisfeita, bateu na porta do avião, pedindo pra sair.

O gaúcho abriu a porta, e a onça foi embora, pro mato.

 
Autor Desconhecido

Avenida Salvador Guerra, 80 - Jardim América - Foz do Iguaçu, PR | Fone/Fax: 45 3028 6464

Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda.

Copyright © Desde 1997 - Direitos reservados