INÍCIO     |     NOSSA EMPRESA     |     ORIENTAÇÕES    |     MENSAGEIRO     |      ARTIGOS      |     ENTRETENIMENTO    |      BORKINFO     |     FAMÍLIA BORKENHAGEN

Início | Entretenimento | Para Descontrair | Arquivos | Comparando o Salário Mínimo

Comparando o Salário Mínimo

Vendo toda a discussão em torno do valor do salário mínimo, alguém lembrou de uma velha história publicada no Pasquim, há uns 30 anos atrás, quando o Mario Henrique Simonsen decretou o valor do novo salário mínimo em Cr$ 76,80.

 

Pausa para explicações (esta é só para os que têm menos de 40 e fugiram das aulas de história):

 

1 - O Pasquim era o único jornal que debochava de tudo e de todos, em plena ditadura militar. Foi uma espécie de avô do Casseta e Planeta, só que numa época em que fazer piada do governo, em vez de dar audiência, dava cadeia. E eles faziam e tomavam pau na cadeia;

2 - Mario Henrique Simonsen era o Ministro da Fazenda. Uma espécie de Palocci, com muito mais poder;

3 - Cr$ (cruzeiros) era a moeda da época. É a única coisa igual a hoje: limitado poder de compra, como o Real.

 

Bom, continuando a história:

 

Quando o salário mínimo foi decretado em Cr$ 76,80, todo mundo se perguntava, porque este número cabalístico e não Cr$80,00, redondos. Ou, pelo menos, Cr$ 77,00. O Pasquim então publicou uma capa, com uma charge do Simonsen, diante de um quadro negro cheio de cálculos, dizendo:

- Vou explicar para vocês como foi definido o valor do salário mínimo.

E, dentro, o jornal apresentava os cálculos (para os desinformados, Simonsen era um brilhante professor de economia):

 

Preço de um cafezinho: Cr$ 0,12

Preço de um pãozinho francês: Cr$ 0,04

Uma pessoa normal vive muito bem tomando um cafezinho e comendo um pãozinho (sem manteiga), quatro vezes por dia.

Portanto: (0,12 + 0,04) x 4 = Cr$ 0,64

Uma família tem, em média, 4 pessoas, logo: 0,64 x 4 = Cr$ 2,56

O mês tem 30 dias (isto, até quem ganha salário mínimo sabe), assim: 2,56 x 30 = Cr$ 76,80.

 

Logo, o salário mínimo tinha que ser de Cr$ 76,80. Nem mais, nem menos.

 

Será que esta "explicação" serviria para justificar os R$ 300,00 do salário mínimo de hoje? Vejamos:

 

Preço de um cafezinho: R$ 0,70

Preço de um pãozinho francês: R$ 0,25 (0,70 + 0,25) x 4 = R$ 3,80

R$ 3,80 x 4 = R$ 15,20

R$ 15,20 x 30 = R$ 456,00.

 

É............ a conta não fechou.

 

Ou o cafezinho e o pãozinho francês estão muito caros, ou o salário está muito baixo.
Vamos ter que pedir para o Presidente Lula ou ao Ministro Palocci nos dar outra "aula" para explicar os R$ 300,00.

Avenida Salvador Guerra, 80 - Jardim América - Foz do Iguaçu, PR | Fone/Fax: 45 3028 6464

Borkenhagen Soluções Contábeis Ltda.

Copyright © Desde 1997 - Direitos reservados